Agente pode receber até R$ 5,5 mil (Revista Valor Econômico)

Jornal dos ACS e ACE
Visto 147 vezes des de 18 de agosto de 2017.

Uma matéria publicada na Revista Valor Econômico publicada no último dia 17, com o título: União paga mais de R$ 13 mil a 23% dos servidores,diz que quase um quarto (23%) dos servidores ativos do Executivo federal recebe salário acima de R$ 13 mil, segundo dados do Ministério do Planejamento.
Mais de 70% deles têm vencimentos superiores a R$ 5 mil, o valor que o governo pretende estabelecer como salário máximo inicial para as novas contratações a fim de economizar R$ 18,6 bilhões em cinco anos.
A matéria ressalta que embora os maiores salários estejam nas carreiras que exigem nível superior, um Agente de Combate às Endemias, de nível médio, pode receber R$ 5,5 mil, enquanto um agente da Abin, também de nível médio, chega a ter vencimentos de pouco mais de R$ 10 mil.
Da mesma forma, o nível superior tem salários mais baixos que os intermediários.
Claro que a matéria fala dos Agentes de Combate às Endemias que foram absorvidos pelo Ministério da Saúde – Fundação Nacional de Saúde – FUNASA após a extinção da antiga SUCAM, que eram chamados de os “Mata Mosquitos”, mas porquê toda essa discrepância entre os valores pagos aos ACS e ACE de matrícula Federal (FUNASA) e os de matrículas Municipais?
Não são os mesmos cargos, criados pela mesma Lei?
Fica aqui o meu questionamento sobre esse assunto.
E você oque acha? Participe deixando a sua opinião no formulário de comentários abaixo.
Fonte: Revista Valor Econômico – Site: http://www.valor.com.br/brasil/5083364/uniao-paga-mais-de-r-13-mil-23-dos-servidores
 

Quanto vale essa matéria / post?
Se você gostou, considere fazer uma doação de qualquer valor para ajudar o autor:

Digite o valor que deseja contribuir:
R$ .

>> ENVIAR <<
Após a sua colaboração você poderá baixar um certificado de agradecimento pela sua participação.
#COMPARTILHE:
MAIS:
Tags:

Deixe uma resposta

Continua depois da publicidade:
Anúncio: