Cirurgia bariátrica / Redução de estômago pelo sus

Saúde e Bem Estar
Visto 399 vezes des de 24 de janeiro de 2020.

Cirurgia bariátrica / Redução de estômago pelo sus

Cirurgia bariátrica (Redução de estômago) pelo SUS: A tempos a obesidade tem preocupado não só as autoridades em saúde, como também a população mundial em geral.

Considerada o último recurso no tratamento da obesidade, a cirurgia bariátrica, conhecida popularmente como redução de estômago, pode ser realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Isso somente após esgotadas todas as possibilidades de tratamentos clínicos.

- Continua depois da Publicidade -

Atualmente, mais de 70 hospitais são habilitados pelo SUS para realizar a cirurgia bariátrica em alguns estados do brasil.

Os hospitais citados para a realização da cirurgia pelo sus estão no Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Quem pode fazer a Cirurgia bariátrica / Redução de estômago pelo SUS?

A redução de estômago, ou cirurgia bariátrica é destinada a pessoas que apresentem:

  • IMC Maior ou igual a 50kg / M²;
  • IMC Maior ou igual a 40kg / M², que não tenha tido sucesso no tratamento clínico por no mínimo 2 anos;
  • IMC Maior que 35kg / M² portadores de doenças associadas a obesidade e que não tenha tido sucesso no tratamento clínico.

É importante ressaltar que o tratamento contra a obesidade é feito por uma equipe multidisciplinar, que avalia as condições físicas e psicológicas do paciente.

Durante ou após o tratamento clínico, quando a cirurgia bariátrica é indicada, o paciente passa por um preparo pré-operatório, que inclui acompanhamento psicológico, nutricional e avaliação médica com especialistas.

Veja seu peso ideal na Tabela de IMC SIMPLIFICADA clicando aqui.

Quando o paciente tem a idade entre 16 e 18 anos, eles também podem ser submetidos à cirurgia, mas somente após avaliação dos profissionais para que seja analisada além das outras condições, a fase de crescimento.

- Publicidade -

CONTINUE LENDO:
Tags: ,
#COMPARTILHE:

Deixe uma resposta

- Publicidade -


Feito com muito amor!