Saúde e Bem Estar

Amanhã (04/05) é o Dia D de vacinação contra gripe

Amanhã (04/05) é o Dia D de vacinação contra gripe 1
Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde, o Dia D de vacinação contra gripe é neste sábado.

Sobre a Vacina da Influenza (Gripe)

A vacina contra a gripe é segura?

Mesmo nos dias de hoje onde a informação é muito fácil de se achar nos órgãos oficiais, ainda existem pessoas que tem essa dúvida, pois enumeras mensagens falsas ainda circulam por aí sendo compartilhadas e replicadas em todo brasil.

Continua depois do anuncio:
NAO GOSTA DE VER ANUNCIOS?

Se você tem essa dúvida, pode se tranquilizar, pois a vacina contra gripe é segura e é a intervenção mais importante para evitar casos graves e mortes pela doença. 

Mas porque me vacinar agora?

É importante saber que o o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação. Por isso o ideal é realizar a imunização antes do início do inverno, que começa em junho. 

Quem deve se vacinar?

Os grupos prioritários a serem vacinados de acordo com recomendações do Ministério da Saúde são:

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Trabalhadores de saúde;
  • Povos indígenas;
  • Indivíduos com 60 anos ou mais de idade;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Professores da rede pública e privada;
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis;
  • Pessoas portadoras de outras condições clínicas especiais (doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias).

IMPORTANTE: Crianças menores de seis meses e pessoas com alergia severa a ovo são contraindicadas para se vacinarem contra a influenza.

Qual documento devo levar ao posto no dia da vacina?

Para receber a dose da vacina, é importante levar:

  • Cartão de vacinação;
  • Documento de identificação;
  • Pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais devem apresentar, também, prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina;
  • Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a dose, sem necessidade de prescrição médica;
  • Profissionais e Professores: contracheque ou crachá

Maiores informações, acesse o Informe Técnico da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza do Ministério da Saúde

Não pode vacilar, Tem que VACINAR!
#COMPARTILHE

SUA AVALIAÇÃO:
1 votos e 5 pts

#COMPARTILHE AGORA

Continua após o anúncio:

Recomendados:

Orientações importantes às pessoas com diagnóstico de Tuberculose

Portal10

Um alerta sobre vacina – Para todos os profissionais da saúde

Portal10

O que é Hipertireoidismo e Hipotireoidismo e possíveis sintomas

Portal10

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma Opinião