Informações sobre a Nova Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa

Saúde e Bem Estar
Visto 130 vezes des de 30 de março de 2014.

A Nova Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa
Apresentação:
A Constituição Brasileira de 1988 afiança a todas as pessoas o direito à saúde integral e integrada, conforme descrito em seus artigos.
Nos moldes do que preconiza, o Estado tem por obrigação prover os anseios que são oriundos do exercício da cidadania, fazendo valer o conceito de assistência à população, uma vez que o conceito de saúde está diretamente relacionado com a qualidade de vida digna.
A política de saúde pública caminha ao lado dos princípios norteadores de sua implementação, junto aos desdobramentos de que necessita para um desenvolvimento que garanta a sua aplicabilidade no direito à saúde dos Brasileiros.
A saúde é um direito constitucionalmente assegurado a todos, inerente à vida, bem maior do homem; portanto, o Estado tem o dever de prover condições indispensáveis ao seu pleno exercício.
O Ministério da Saúde está disponibilizando agora a Nova Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa.
Importante ressaltar que a Atenção Integral e Integrada à Saúde da pessoa Idosa e ao Envelhecimento é uma das prioridades do Ministério da Saúde.
A Caderneta faz parte de uma estratégia para o acompanhamento da saúde da população idosa, onde serão registradas informações importantes sobre as condições de saúde, o que auxiliará os profissionais e gestores sobre a elaboração de ações necessárias para a prevenção, promoção e reabilitação, além de minimizar os principais agravos sofridos por essa parcela da população, tendo como objetivo o envelhecimento ativo e saudável.
Essa é mais uma ação que traduz o compromisso de todos os gestores com a saúde integral e integrada da população idosa.
Ande sempre com a sua caderneta e não se esqueça de lavá-la nas consultas com os profissionais de saúde.
Envelhecer com saúde é um direito de todos.
Lembre-se sempre de que envelhecer não é sinônimo de doença, e se notar qualquer alteração no seu dia a dia, procure o serviço de saúde mais próximo de sua residência.
Conteúdo:
Na Nova Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa você encontrará campos importantes que deverão ser preenchidos com atenção, pois todas as informações solicitadas poderão lhe ajudar em algum momento seja em consultas com o profissional de saúde ou até mesmo em casos de emergência em lugares desconhecidos.
Os campos para o preenchimento são:
Identificação:
Nessa parte você preencherá com seus dados pessoais como nome, apelido, número do cartão do SUS, Identidade, Data de nascimento, Grupo sanguíneo, Fator RH e etc…
Hábitos de vida:
Nessa parte terão perguntas sobre o seu cotidiano e costumes habituais sobre Fumo, Bebidas Alcoólicas e Atividades físicas.
Moradia:
Nessa parte será preenchida com as sua informações de moradia, se mora em alguma instituição para idosos, se mora acompanhado ou sozinho e se fica sozinho por muitas horas do dia.
Pessoa que poderia cuidar de mim caso eu precisasse:
Essa parte também é muito importante para que em caso de alguma emergência seja contatada a pessoa certa para atender e cuidar de você caso necessite.
Além desses campos também temos vários outros como: Cuidados que você necessita para o dia a dia, Informações gerais da sua saúde, seus problemas atuais de saúde, Medicamentos que você está usando regularmente, Informações sobre suas internações médicas, Suas ocorrências de quedas e etc…
Como conseguir a sua Caderneta:
Solicite ao seu Agente Comunitário de Saúde ou vá a uma Unidade de Saúde mais próxima de sua residência e peça aos profissionais de saúde.
Você também pode solicitar auxilio de familiares ou de profissionais de saúde para o preenchimento correto da caderneta que é totalmente GRATUITA.
Ações que você não pode esquecer:

  • Sempre carregar a caderneta contigo, principalmente quando for ao serviço de saúde.
  • Conversar abertamente com os profissionais de saúde, tirar todas as dúvidas e pedir todas as orientações que puder.
  • Tomar todas as vacinas necessárias.
  • Manter sempre que possível, sua vida social ativa, praticando exercícios, participando de reuniões familiares e de amigos.
  • Coma sempre alimentos saldáveis.
  • Evite o cigarro e bebidas alcoólicas.
  • Sua atividade sexual não termina aos 60 anos. Logo, deve se prevenir das doenças sexualmente transmissíveis. O uso do preservativo é a melhor forma de prevenção.
  • A prevenção é um ato de amor e cuidado por si e pelo companheiro(a).
  • Solicite ao profissional de saúde que mantenha a sua caderneta sempre atualizada.

Serviços e telefones úteis:
Ouvidoria do SUS: 136 (serviço gratuito)
Secretaria dos Direitos Humanos: Disque 100 (denúncia de maus-tratos e violência)
SAMU: 192 (Serviço de atendimento móvel de Urgência)
Corpo de Bombeiros: 193
Violência contra a Mulher: 180
Site do ministério da saúde: www.saúde.gov.br/saudedoidoso
Delegacia de Polícia, Ministérios Públicos Estaduais, Conselhos Estaduais e Municipais do Idoso – denúncia de maus-tratos pessoalmente, por carta ou telefone.
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS): 0800 701 9656.

Quanto vale essa matéria / post?
Se você gostou, considere fazer uma doação de qualquer valor para ajudar o autor:

Digite o valor que deseja contribuir:
R$ .

>> ENVIAR <<
Após a sua colaboração você poderá baixar um certificado de agradecimento pela sua participação.
#COMPARTILHE:
MAIS:
Tags: ,

Deixe uma resposta

Continua depois da publicidade:
Anúncio: