Comprovantes de pagamento: Devo guardar?

Utilidade Pública
Visto 108 vezes des de 2 de setembro de 2017.

Comprovantes de pagamento: Devo guardar?

O Senado Federal em sua página oficial do Facebook, fez uma postagem bem interessante que responde uma dúvida bem frequente quando se trata de contas e comprovantes de pagamento.
Se você não é um acumulador, provavelmente já se perguntou:

Por quanto tempo devo guardar as contas pagas?

Então vamos relacionar alguns exemplos:

  • Imposto de Renda, IPTU, IPVA e outros impostos – Devem ser guardados por 5 anos, contados a partir do primeiro dia útil do ano seguinte.

Os comprovantes de pagamentos usados para deduções no IR devem ser guardados pelo mesmo período.

  • Contas de Água, Luz, Telefone e Gás – Devem ser guardados também por 5 anos.
  • Notas fiscais – Devem ser guardadas enquanto durar a garantia do produto.

Crédito imobiliário – Deve ser guardado Até a quitação do imóvel.

  • Comprovantes do pagamento de Aluguel – Devem ser guardados por 3 anos.
  • Comprovantes do pagamento do Condomínio – Devem ser guardados por 5 anos.
  • Cartão de crédito – As faturas Devem ser guardados por 1 ano.
  • Comprovantes de pagamento diversos, devem ser guardados por por 6 meses (compras a vista) ou 5 anos (compras parceladas).

Dívidas, contratos e financiamentos – Todos os comprovantes devem ser guardados enquanto durar o contrato.
O termo de quitação deve ser mantido por 2 anos.

  • Comprovantes de pagamento de Plano de saúde – Devem ser guardados por 5 anos, se for usado na declaração do IR.
  • Multas e documentos do veículo – O certificado de compra e venda do veículo deve ser mantido enquanto durar a posse do automóvel. Os documentos de licenciamento e de pagamento do seguro têm validade de um ano, até serem trocados por novos.
  • Comprovantes de multas devem ser mantidos por dois anos. Honorários de médicos, advogados, dentistas, contadores, etc – 5 anos.

Comprovantes de pagamento de  Seguros – Devem ser guardados por 1 ano após o tempo de vigência do seguro.

  • O Contracheque – Deve  ser guardado por 5 anos.

INSS – Para efeito de previdência social, profissionais autônomos devem guardar o carnê do INSS até o pedido do benefício da aposentadoria.
 

E aí, Gostou?
Espalhe para os seus amigos!
#COMPARTILHE

Quanto vale essa matéria / post?
Se você gostou, considere fazer uma doação de qualquer valor para ajudar o autor:

Digite o valor que deseja contribuir:
R$ .

>> ENVIAR <<
Após a sua colaboração você poderá baixar um certificado de agradecimento pela sua participação.
#COMPARTILHE:
MAIS:
Tags:

Deixe uma resposta

Continua depois da publicidade:
Anúncio: