Jornal dos Agentes de Saúde: ACS e ACE

CNM volta a ameaçar o Piso Nacional dos ACS e ACE

READ IN:
  • PortuguêsPortuguês
  • EnglishEnglish
  • Essa semana uma notícia publicada pela Confederação Nacional dos Municípios deixou uma boa parte dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias preocupados.

    Isso porque a mesma publicou em seu site que uma Ação Direta Inconstitucionalidade (ADI) sobre Piso Nacional dos ACS e ACE’s  que aguardava julgamento no Supremo Tribunal Federal teria entrado na agenda da sessão virtual da última sexta-feira (dia 28).

    Vale ressaltar que uma ADI da CNM contra o reajuste do Piso dos ACS e ACE, já foi  REJEITADA pelo STF anteriormente (como você pode ver clicando aqui). Porém a, a CNM peticionou um Agravo Regimental pedindo a reconsideração da decisão, e por isso voltou-se a falar nesse assunto e o julgamento foi agendado.

    Quando sairá o resultado desse julgamento?

    Antes de qualquer coisa, precisamos entender o seguinte:

    Esse julgamento teve início ontem (28/06) e existe um prazo de 5 dias úteis entre o início e o término do mesmo que deve ser respeitado.

    Pela lógica, o final do prazo deveria ser dia 04/07, porém, de acordo com o calendário do STF, não haverão sessões de julgamento no mês de julho. Portanto, o término desse julgamento deverá ficar somente para o início do mês de agosto de 2019.

    De qualquer forma, como uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) já foi rejeitada uma vez pelo STF, presumimos que a mesma deverá ser rejeitada novamente.

    Ficaremos atentos as REAIS conclusões sobre esse assunto para deixar as categorias de ACS e ACE atualizadas sobre o mesmo.

    É importante que os profissionais interessados mantenham a calma e não compactuem com a série de notícias falsas que tendem a circular nas redes nesse momento.

    Saiba mais sobre a tentativa anterior da CNM de invalidar do reajuste no Piso Nacional dos ACS e ACE clicando aqui.

    Artigos relacionados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Botão Voltar ao topo